quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O peso certo: Sobre as mentiras que a balança conta

Quem nunca subiu numa balança esperando que o “peso” mostrado por ela seja o menor possível? Frequentemente nos pesamos de olho no número que vai aparecer no visor digital, embora ele esteja longe de ser um parâmetro confiável para avaliar a situação da sua saúde e o sucesso do seu treino. “Perder peso”, embora seja o que a maioria dos praticantes amadores de esporte persegue, é um termo incorreto que minimiza algo bem mais complexo do que parece.

Mesmo o Índice de Massa Corporal, o famoso IMC, obtido por uma fórmula que avalia estatura e peso, pode levar a classificações incorretas. É possível apresentar IMC baixo, por exemplo, mas com porcentagem de massa gorda considerável – e vice-versa.

O corpo é basicamente constituído por gordura (massa gorda), ossos e músculos (massa magra). Quando determina o seu peso, a balança tradicional não discrimina quanto dele é formado por massa magra e quanto se deve à massa gorda. Consequentemente, não nos informa se o ganho ou a perda de peso são preocupantes ou benéficos. Confira dois casos reais que ilustram a questão:

Caso 1 – Uma praticante de musculação vinha exagerando nos treinos e não seguia orientação nutricional. Após ser reavaliada em termos de composição corporal, percebemos que sua massa gorda aumentara 1,2kg, enquanto sua massa magra diminuíra 1,4kg. Em outras palavras, ela até perdeu peso, mas sua composição corporal piorou.

Caso 2 – Um homem mais velho que havia ficado sedentário por anos decidiu adotar um programa de atividade física. Nós o avaliamos na primeira semana de treinos e repetimos o processo após três meses . Resultado: seu peso aumentou 1,2 kg. A massa gorda, porém, havia reduzido em 900 gramas. Perplexo, este aluno perguntou: “Como posso ter ganhado peso, se estou fazendo tudo direito?” A explicação é simples: ele ganhou 2,1 kg de massa magra.

Os dois casos mostram como a balança pode “mentir” para você. No primeiro caso, se fosse o único parâmetro para acompanhar a evolução dos programas, a praticante teria sido levada a acreditar que estava no caminho certo. E não estava. Já no segundo, o aluno teria ficado desestimulado, achando que estava engordando por conta dos exercícios. O que também não era verdade.

Fica então a dica: esqueça um pouco o número registrado pela balança e faça uma análise da sua composição corporal para saber se você está perdendo peso corretamente.

Por Renato Dutra/(Foto: Thinkstock)

Da Revista Veja

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Conheça a ciclovia suspensa que além de ser segura ainda produz energia limpa

Falta de sinalização, pistas inadequadas, asfalto esburacado, risco de atropelamento… Muitos são os fatores que fazem com que andar de bicicleta nas cidades seja um desafio diário para os ciclistas – principalmente se eles vivem em locais onde as magrelas ainda não são vistas como meio de transporte diário e não têm espaço no trânsito.

Para tentar oferecer mais segurança àqueles que pedalam no dia a dia, o arquiteto dominicano Richard Castillo* projetou a Bicimetro Eco Bahn, uma ciclovia suspensa, que fica metros acima da rua, evitando que as bikes tenham que disputar espaço com outros veículos, como carros, motos e ônibus.

Outros profissionais, como o arquiteto inglês Sam Martin, já idealizaram ciclovias suspensas (lembra da SkyCicle?), mas o projeto de Castillo tem um diferencial: além de oferecer mais segurança aos ciclistas, produz energia limpa.

A ciclovia possui, em toda a sua extensão, turbinas eólicas e painéis fotovoltaicos, que garantem que a estrutura produza energia eólica e solar durante todo o dia, enquanto as pessoas pedalam de um lado a outro da cidade.

Por enquanto, o projeto é, apenas, um protótipo, mas é inevitável imaginar como seriam as cidades com ciclovias suspensas. Você aprovaria?

Veja vídeo abaixo

Da Super Interessante

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Homem usa "caneta espiã" para filmar seios de colega e vai preso

Russell Gordon foi demitido pela empresa no dia 15 de janeiro.

Imagem: ReproduçãoRussell Kent Gordon usou caneta com câmera para filmar colega tirando leite (Imagem:Reprodução)Russell Kent Gordon usou caneta com câmera para filmar colega tirando leite

O norte-americano Russell Kent Gordon, de 44 anos, foi preso em Portland, no estado do Oregon (EUA), depois que escondeu uma caneta com câmera na mesa de uma colega de trabalho para filmá-la usando uma bomba de tirar leite.
Segundo o jornal "The Oregonian", a mulher encontrou o dispositivo e comunicou seus supervisores.
Além de ser preso, Gordon foi demitido pela empresa Mason, Bruce & Girard, localizada no centro de Portland, no dia 15 de janeiro.

Fonte: G1

Nos EUA, bêbado é preso ao dirigir usando camiseta com piada de bafômetro

Bryan Wendler foi encontrado desacordado em carro ligado.

Imagem: ReproduçãoBryan Wendler aparece usando camiseta com piada de bafômetro ao ser preso dirigindo bêbado(Imagem:Reprodução)Bryan Wendler aparece usando camiseta com piada de bafômetro ao ser preso dirigindo bêbado

Bryan Wendler, de 30 anos, foi preso por dirigir bêbado no condado de Marathon, no estado do Winsconsin, EUA. Porém, o que mais chamou a atenção dos policiais foi a irônica coincidência da camiseta utilizada pelo homem, que continha uma piada sobre bafômetro.
O americano foi encontrado desacordado pelos policiais do condado de Marathon, no estado de Wisconsin (EUA) dentro de um carro ligado, parado no meio da rua. Depois de ser acordado, Bryan fez o teste do bafômetro e os policiais descobriram que o homem dirigia com o dobro do limite de álcool no sangue, de acordo com o site “The Smoking Gun”.
Ao tirar a foto na delegacia, a imagem mostra a camiseta de Wendler com a mensagem “Esteve bebendo? Teste grátis do bafômetro, assopre aqui”, seguida de uma seta apontando para a virilha do homem. Bryan irá ao tribunal no próximo dia 30 e, caso seja condenado, será a sexta pena por dirigir embriagado, além de violação de estado probatório.

Fonte: G1

sábado, 26 de janeiro de 2013

Artista faz desenho de serpente com apenas uma pincelada de vez

Escamas da animal são desenhadas de acordo com a pressão do pincel.

Um usuário malaio identificado como “cyLtt taka” postou no YouTube um vídeo mostrando um desenho de uma cobra feito com uma única pincelada do artista. Durante o percurso do pincel, as escamas do animal são desenhadas de acordo com a pressão do pincel, e as curvas do traço formam o número 2013, já que este ano é celebrado o ano da serpente, de acordo com o horóscopo chinês.

Imagem: ReproduçãoArtista desenhou serpente que forma o ano de 2013(Imagem:Reprodução)Artista desenhou serpente que forma o ano de 2013

Do GP1

O que é mais ecologicamente correto: fazer xixi na privada ou durante o banho?

Por mais estranho que possa parecer, a resposta é no banho. A idéia é evitar o desperdício de água potável. De acordo com dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), a cada descarga acionada são desperdiçados de 8 a 12 litros de água potável. Um adulto saudável produz entre 0,5 e 2,5 litros de urina por dia, expelidos, em média, em 4 idas ao banheiro. Isso significa um consumo estimado em 40 litros de água com descargas, enquanto um banho de chuveiro elétrico de 15 minutos, desligando-se o registro ao se ensaboar, consome 45 litros de água – o que quer dizer que pelo menos uma descarga pode ser economizada por dia.

Até aí tudo bem. Mas o xixi escorrendo pelas pernas e caindo nos pés não é nojento? Nem tanto. “Não há com o que se preocupar. Afinal, estamos ali para nos lavar, e a água corrente leva tudo embora”, diz o biólogo Branco Chiacchio. Segundo o biomédico Roberto Figueiredo, o contato constante da urina com os pés pode causar, sim, o aparecimento de microorganismos como a Candida albicans, que causa o famoso pé-de-atleta. Além disso, o excesso de urina pode ser absorvido pelo rejunte do piso do banheiro, o que dificulta a higienização, além de servir como abrigo para germes e bactérias. Logo, se você resolver substituir a privada pelo chuveiro uma vez ao dia, faça o xixi logo no início do banho. E fique tranqüilo, pois esse xixi é composto de 95% de água e 5% de outras substâncias como uréia e sal. Tudo segue pelo ralo direto para as estações de tratamento, sem nenhum prejuízo à saúde.

Paula Nadal

Super interessante

Veja também:

Você sabia que o Brasil exporta carne de cavalo?

INSS revisa 2,3 milhões de benefícios

Dilma assina acordos bilaterais com Chile em sua primeira viagem internacional de 2013

Motorista sem habilitação é presa após fazer zigue-zague em rodovia de MG

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Você sabia que o Brasil exporta carne de cavalo?

A notícia caiu na rede na última semana: a rede de supermercados britânica Tesco teve que retirar das prateleiras de suas lojas todos os hambúrgueres de fabricação própria. O motivo? Autoridades sanitárias detectaram DNA de cavalos e porcos no produto, que era vendido como 100% carne bovina.

Apesar do pedido público de desculpas, a marca foi alvo de protestos e piadas na internet, chegando ao terceiro lugar entre os nomes mais citados no Twitter em 152 países. No vídeo abaixo, um consumidor entra em uma das lojas “vestido” de cavalo:

Os hábitos alimentares são repletos de peculiaridades que variam de país para país, região para região. Muitos países não têm o costume de consumir carne de cavalo, dentre eles o Brasil.

A novidade, nesse caso, fica por conta do destaque que o site Vista-se, considerado o maior portal sobre vegetarianismo do Brasil, deu ao repercutir a notícia: nós somos um dos principais nomes mundiais na exportação de carne de cavalo – mesmo que a ideia de consumi-la nos pareça… estranha.

Somos tão reconhecidos no mercado internacional que só perdemos para a Argentina, segundo o site da marca FAVA – Brazilian Prime Meat, mantida pelo Frigorífico Prosperidad, que fica em Araguari, MG.

No site, a empresa diz que exporta para países da Comunidade Europeia e Ásia e explica que“o clima, a mão-de-obra e o espaço” garantem ao Brasil uma produção de animais de ponta acustos competitivos. Além disso, destaca o uso de sistemas de abate humanitário, sem tortura e morte violenta.

O Vista-se mostra um vídeo com imagens de um abatedouro por dentro:

O que você acha disso?

(Imagem: SXC.HU)

Da Super Interessante

Criança de três anos brinca com crocodilo em parque na Austrália

Charlie Parker convive com animais exóticos em Melbourne.
'Ele simplesmente ama répteis', conta o pai do menino.

No "Ballarat Wildlife Park", em Melbourne, na Austrália, um garoto de 3 anos chama a atenção por ser o tratador mais novo do parque. De acordo com o jornal “New York Daily”, Charlie Parker adora brincar com pequenos crocodilos, que são os animais favoritos do menino.
“Não encorajamos que ele faça isso, mas ele simplesmente ama répteis”, afirmou Greg Parker, pai do garoto e dono do parque de animais exóticos. “Enquanto uns têm medo dessas coisas, outros nem tanto”, concluiu.

Charlie Parke aparece brincando com filhote de crocodilo em parque na Austrália (Foto: Reprodução)Charlie Parker aparece brincando com filhote de crocodilo em parque na Austrália (Foto: Reprodução)

Do G1

Pequeno avião cai em Manaus e quatro pessoas ficam feridas
Musas do Carnaval: Fotos da bela Tatiane Minerato rainha da bateria da Gaviões da Fiel.
Mercado de trabalho: Vagas de emprego do dia 24/01/2013.
Felipão: Atletas não têm culpa por distanciamento com a torcida, e seleção brasileira é a 'mais favorita' para 2014
Apreensão de armas de fogo em 2012 realizadas pela PM/RN aumentou 12% em relação a 2011
Na Califórnia, americano encontra 'limão gigante' em jardim

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Um hamburguer impresso em 3D poderia ser produzido por R$ 600 mil

Editora Globo

A carne de laboratório poderia revolucionar a indústria alimentícia, a sociedade e o meio ambiente. Mas estima-se que um hamburguer, produzido através da técnica, custaria R$ 600mil.
O processo seria rápido - em vez de usar tinta ou plástico, a impressora empilharia o que os cientistas chamam de biotinta, substância feita com milhares de células vivas. Quando empilhadas, essas células se juntariam e formariam tecido vivo (carne). O processo é bem parecido com o usado para criar órgãos que poderiam ser usados em transplantes - mas para criar músculos comestíveis.
A técnica seria vantajosa para imprimir carne porque bifes e hamburgueres são maiores em seu comprimento do que em largura, o que tornaria a impressão por camadas mais ágil.
Cientistas holandeses já conseguiram produzir carne usando a técnica, mas o pedaço tinha apenas 2 cm de comprimento por 1 cm largura - um hambúrguer inteiro, produzido da mesma forma, custaria cerca de R$600 mil. Por enquanto, a carne de laboratório ainda não pode competir com o McDonald's mas espera-se que, quanto mais a tecnologia for desenvolvida, mais barata ela se torne.
Fonte: Galileu

Pesquisadores dizem que gatos imitam hábitos dos donos

Depois dizem que só cachorro se apega ao dono – e os amantes de gato dizem que isso é a maior balela do mundo. E eles estão certos.  Tanto se apegam (e observam) que imitam os hábitos dos donos. Ainda mais se saírem pouco de casa: quanto mais caseiro, mais parecido com o dono.

Quem desconfiou das semelhanças foi um grupo de pesquisadores da Universidade de Messina, na Itália. Eles analisaram o comportamento de 10 gatos. Cinco deles viviam numa casa pequena, mais perto dos donos. Já os outros gatos eram mais independentes, moravam em lugares grandes e passavam a noite fora de casa.

Aí eles observaram as rotinas dos donos: horários de almoço, jantar, quanto comiam, e que horas costumavam dormir e acordar. E compararam com as manias dos felinos. Segundo a pesquisa, os mais independentes não pareciam se importar muito com o dia-a-dia das pessoas. Mas quem vivia mais perto dos donos seguia quase a mesma rotina. Dormiam e comiam nos mesmos horários – e até engordavam junto com os donos.

“Os gatos observam e aprendem com a gente, notam os padrões das nossas ações”, explica a pesquisadora Jane Brunt. “É sempre interessante quando ouço história de gatos que usam a caixinha de areia quando os donos vão ao banheiro”. Bonitinhos, não?

Super Interessante

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Homem liga dez vezes para a polícia para pedir carona e vai preso nos EUA

Caso ocorreu em Immokalee, no estado da Flórida.
Alvaro Francisco exalava cheiro de álcool quando foi preso.

Alvaro Francisco foi preso ao pedir carona para a polícia (Foto: Divulgação)Alvaro Francisco foi preso ao pedir carona para a polícia (Foto: Divulgação)
Um homem de 26 anos foi preso no domingo em Immokalee, no estado da Flórida (EUA), depois que ligou dez vezes para o serviço de emergência da polícia, pois queria uma carona até o México, segundo a emissora "WFTV".
Alvaro Francisco fez as ligações das 20h16 de sábado às 0h45 de domingo. Nas ligações, ele disse para o operador que queria ir passear no México.
Francisco acabou detido acusado de uso indevido do serviço de emergência. De acordo com a polícia, o rapaz exalava cheiro de álcool quando foi preso.
Do G1

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Professora que fez sexo com aluno se casou com o mesmo para não ser presa

Leah Shipman se divorciou do marido com quem era casada há 19 anos.
Jovem tinha 17 anos e teve autorização da mãe para se casar.

A professora americana Leah Gayle Shipman, de 42 anos, encontrou uma forma de evitar ser presa por envolvimento sexual com um estudante em Wilmington, na Carolina do Norte. Ela se divorciou do marido com quem era casada há 19 anos e se casou com o jovem.

Leah Gayle Shipman se casou com estudante para evitar condenação (Foto: Divulgação)Leah Gayle Shipman se casou com estudante para evitar condenação (Foto: Divulgação)

Leah Gayle foi presa por ter feito sexo com o estudante em janeiro de 2009 e poderia ser condenada a 15 anos de cadeia.

Com o casamento, as autoridades não podem obrigar o jovem Johnnie Ray Ison, agora com 19 anos, a testemunhar contra a professora. Segundo a lei do estado, o cônjuge não pode ser chamado para testemunhar em casos criminais.
A professora se casou com o jovem, na época com 17 anos, em 25 de janeiro de 2011, apenas seis dias depois de se divorciar. Com era menor de idade, Ison teve a autorização de sua mãe, Susan Wilson, para se casar com Leah Gayle.

O casamento da professora com o estudante foi revelado pela imprensa americana na semana passada.

Do G1

Saiba quem inventou a camisinha? Conheça a história do preservativo

Não há uma resposta definitiva e inquestionável para a resposta acima: um manuscrito egípcio, datado de cerca de 2 mil antes de Cristo, indica que esse povo já utilizava um método para evitar a gravidez; mas, na mitologia grega, também está presente uma lenda que indica que os deuses também se preveniam, o que faz historiadores concluírem que a lenda reproduz um método existente nessa sociedade.

Na Pirâmide do Faraó

Um manuscrito médico egípcio, datado de 1850 a.C., aponta a existência de uma “camisinha” dos faraós, um pano empapado de mel e excremento de crocodilo (isso mesmo, cocô de crocodilo!). O artefato, que na verdade era uma espécie de camisinha feminina, era introduzido na vagina da mulher para evitar a gravidez.

O mito de Procris

Os gregos não ficam muito atrás. Uma lenda afirma que Procris, filha do rei Erechteus, de Atenas, se relacionou com Minos, filho de Zeus, o todo-poderoso. O problema é que o sêmen do herdeiro era cheio de serpentes e escorpiões, o que fez com que Procris tivesse que envolver o órgão do rapaz em uma bexiga de cabra. A lenda indica que os gregos já tinham seus métodos para evitar a transmissão de doenças durante as relações sexuais.

Depois de Cristo

No livro La Petite Histoire du Préservatif (“A pequena história do preservativo”), que narra toda a trajetória do artefato, o jornalista francês Vincent Vidal defende que ele foi inventado apenas no século 10, na Ásia. Ele afirma que chineses criaram uma camisinha usando papel de seda lubrificado com óleos. Enquanto isso, japoneses usavam um acessório de carapaça de tartaruga.

Prazer, Dr. Condom

O termo Condom (palavra que se refere à caminha em francês e inglês, por exemplo) também tem origem nebulosa. A teoria mais aceita é que a camisinha foi criada por um médico chamado Dr. Condom, médico da corte do rei inglês Charles II que viveu no século 17. O apetrecho seria de tripa de intestino de  carneiro.

De onde vem o termo “camisinha”?

Já o termo “camisinha” deve ter surgido graças ao dramaturgo inglês William Shakespeare, que chamou o artefato para proteger o pênis de “luva-de-vênus”, uma homenagem à deusa do amor. Em Português, tradutores optaram por “camisa-de-vênus”, expressão que parece ter dado origem ao nome atual.

Fonte: La Petite Histoire du Préservatif, de Vincent Vidal.

Da Super Interessante

Na Argentina humorista simula infarto e espanta ladrões

'Florença, estou morrendo, estou morrendo!', gritou humorista.
'Vamos, antes que ele morra', gritaram os assaltantes assustados.

O ator e humorista argentino Claudio Rico simulou um ataque cardíaco durante um assalto na residência onde passa suas férias, no popular balneário de Mar del Plata, para tentar espantar os ladrões de sua casa.

Humorista argentino simulou infarto e espantou ladrões (Foto: Reprodução)Humorista argentino simulou infarto e espantou ladrões (Foto: Reprodução)

"Tenho uma prótese no coração! Florença, estou morrendo, estou morrendo!', gritou Rico para afugentar os quatro ladrões que invadiram a casa e o espancaram na presença de sua esposa Florença e seus três filhos.

"Vamos, antes que ele morra", gritaram os assaltantes, que escaparam com 20 mil pesos (cerca de R$ 10 mil) e aparelhos eletrônicos, segundo relatou o ator ao jornal "Clarín".

Rico explicou que os ladrões pularam uma grade e um paredão para entrar na casa, que tinha a porta entreaberta porque o cachorro da família tinha saído.

Armados com uma faca e um tijolo, os assaltantes bateram com dureza no ator e tentaram trancar toda a família no banheiro da casa.

Do G1

domingo, 20 de janeiro de 2013

Você sabe o que são alimentos ultraprocessados?

Bolos, sopas, pães, biscoitos recheados, lasanha, pizza, hambúrguer, refrigerante… tudo o que é fácil de comer e já vem pronto (ou quase) dentro de uma embalagem resulta de uma série de processos industriais – o ponto central para classificar determinados produtos alimentícios como ultraprocessados.

Alguns tipos de processamento de alimentos sempre aconteceram na história. “A humanidade aprendeu a processar para conservar. A carne, antes da geladeira, era conservada em banha ou sal”, diz Maluh Barciotte, doutora em Saúde Pública e pesquisadora do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da USP, o NUPENS.

O problema é que, com o desenvolvimento industrial das últimas décadas, cresceu vertiginosamente a fabricação de alimentos prontos em larga escala, “vazios” em nutrientes e cujo consumo frequente acarreta problemas de saúde como colesterol, diabetes, pressão alta e obesidade.

A industrialização do setor alimentício mudou os hábitos de boa parte da população (especialmente nas cidades) e passou a ofertar produtos com mais açúcar, mais gordura saturada, mais sódio, mas substâncias químicas (como conservantes, aromatizantes e estabilizantes) e menos fibra do que o recomendado para uma alimentação saudável. “A gente compra chocolate achando que é chocolate e é só gordura hidrogenada com excesso de açúcar”, explica Maluh.

Temperos de macarrão instantâneo e tabletes de caldos prontos são um caso clássico de produto com sódio em excesso. “Se a gente já tem no Brasil tantos temperos maravilhosos, por que precisa, além deles, colocar um ingrediente ou caldos artificiais? Tudo fica com o mesmo gosto. Quando você cria o seu tempero, faz uma comida mais com a sua cara”, sugere a pesquisadora.

Para ela, os ultraprocessados são alimentos que perderam a alma. “E o problema é que hoje isso virou sinônimo de comida. Para ser saudável, a gente tem que cozinhar. É aquilo que se faz em casa, tem cheiro, tem memória afetiva, que passa por gerações”, argumenta.

O que entra na classificação?
A proposta de classificação do NUPENS divide os alimentos em três tipos:

Tipo 1: Frescos ou Minimamente Processados
São aqueles que não sofrem alteração ou passam por processos que ainda mantém suas principais características nutricionais, como arroz, feijão, carne (não enlatada), peixes, legumes verduras, grãos, frutas, sucos naturais, cogumelos, leite fresco ou pasteurizado, iogurte sem adição de açúcar (de preferência feito em casa), ovos e café.

Tipo 2: Ingredientes Culinários
São as substâncias usadas para preparar a comida do dia a dia e que passam por processamento como moagem e refinamento. Alguns exemplos são açúcar, farinha, amidos, sal, óleos vegetais e manteiga.

Tipo 3: Alimentos Ultraprocessados
Tudo o que é muito processado. São comuns em quase todas as casas: pães (até o integral), biscoitos, bolos, sorvetes, chocolates, barras de cereal, refrigerantes, pratos pré-preparados (aqueles congelados de supermercado), hambúrgueres, produtos enlatados, sopas prontas, requeijão, margarina e muitos outros.

Um exemplo importante são os embutidos – mortadela, salame, presunto e salsicha. É importante não confundi-los com carne, que é classificada como alimento fresco. “Eles passaram por tantos processos químicos que perderam as características básicas de um alimento como a carne, com proteínas e gorduras adequadas”.

Por que são perigosos?
Um dos maiores problemas é que o sabor do alimento não está conectado aos nutrientes. “Um bolo de amêndoas industrializado, que vem na caixinha, só tem sabor de amêndoas, mas não os nutrientes ligados àquele sabor. É como se o organismo fosse enganado”, explica Maluh Berciotte. Algumas características básicas dos ultraprocessados são:

- Têm alto poder calórico, mas com uma energia “vazia”. No processamento, perdem os nutrientes e mantém as calorias. “É um excesso de caloria que não nutre. O exemplo máximo disso é o refrigerante”, diz Maluh.

- Têm hiperpalatabilidade, ou seja, um sabor artificial exagerado, que exacerba os nossos sentidos e cria um padrão de gosto no organismo. “Uma criança acostumada a tomar refrigerante muitas vezes não consegue tomar nem água”. O mesmo acontece com sucos. Se nos acostumamos a beber suco em pó, dificilmente nosso paladar reconhece o sabor da fruta “de verdade” no suco natural.

- São alimentos altamente disponíveis para consumo. Toda essa facilidade se reflete no supermercado, com tantas opções nas prateleiras. Nunca na história humana foi tão fácil consumir alimentos prontos. É só pensar: quantas embalagens você compra que é só abrir e comer o que vem dentro?

- Contêm excesso de sal, açúcar, gorduras e substâncias químicas como conservantes, estabilizantes, flavorizantes e corantes. Por isso é tão importante ler os rótulos!

O que fazer?
Tentar reduzir a quantidade de alimentos muito industrializados é o primeiro passo. Não há uma recomendação diária máxima para consumo de ultraprocessados. “A ideia é quanto menos, melhor. Se possível, de forma esporádica”, diz Maluh. “É importante que de 60 a 70% da alimentação básica do dia a dia seja composta principalmente de alimentos frescos e minimamente processados”. Muitas vezes é possível mudar padrões simples de consumo e buscar adquirir, pouco a pouco, novos hábitos:

- Evite ingredientes refinados e “branqueados”, como açúcar refinado e farinha branca. Opte por opções integrais.

- Busque alternativas para quando estiver fora de casa. Por exemplo: batata doce tem um tipo de açúcar mais saudável que a batata normal. “Fazer um lanchinho de bata doce para levar para o trabalho é algo supersaudável”, comenta Maluh. Frutas e frutas secas também são sempre boas opções para ter na bolsa.

- Evite levar crianças às compras. Elas são mais vulneráveis às embalagens e produtos coloridos. Sem elas, fica mais fácil dizer “não” e evitar guloseimas;

- Sempre que puder, evite os sucos de caixinha ou em pó (prefira sempre os naturais) e tome o mínimo de refrigerante que conseguir;

- Procure comer frutas puras, sem disfarçar o gosto com cremes e açúcar;

- Aprenda a cozinhar refeições simples e rápidas. É uma boa forma de abrir mão da praticidade daquela pizza ou sanduíche congelados;

- Substituir o pão de padaria (feito com excesso de farinha refinada) por pão caseiro já é um ganho para a saúde. “O ideal é que as pessoas comecem a aprender receitas de pão, pode ser até de liquidificador”, propõe Maluh;

- Se tiver esta opção, prefira feiras de rua ao supermercado. As tentações são menores e a oferta de alimentos mais saudáveis costuma ser maior.

Da Super Interessante

sábado, 19 de janeiro de 2013

Conheça as desculpas que os trabalhadores das pirâmides davam quando não iam trabalhar

Para construir uma pirâmide tem que ter disposição e habilidade. Estudos recentes revelam que, ao contrário do que mostram grandes produções de cinema, os egípcios responsáveis por erguer essas construções não eram escravos: eram homens livres, bem alimentados e organizados entre si.

Na hora de erguer uma pirâmide, os caras eram divididos em grupos que variavam de 40 a 60 trabalhadores. Quanto a situação apertava, os grupos podiam crescer. Dois outros profissionais acompanhavam os trabalhadores: um capataz – responsável por dirigir os trabalhadores – e um escriba, que supervisionava a obra e era o responsável por anotar em papiros toda a parte de contabilidade. Os escribas anotavam tudo: os materiais que faltavam para erguer as pirâmides, em que pé estava a construção e até as ausências (e seus motivos) dos trabalhadores.

Desculpas históricas infalíveis

Engana-se que pensa que vai poder se inspirar nos egípcios para conseguir uma desculpa para faltar ao trabalho na próxima segunda-feira. A menos que você diga que faltou porque foi embalsamar um parente, desculpa muito comum no Egito Antigo. Os caras também justificavam a ausência afirmando que haviam sido picados por escorpiões, que estavam fabricando cerveja para uma celebração ou que ficaram embriagados. E colava.

Para acabar com a visão de homens explorados pelos faraós, ensinada pela escola, os egípcios tinham mais feriados do que nós. Outra curiosidade sobre ausência no trabalho: um papiro conservado no Museu Egípcio de Turín registra a primeira ação sindical das massas, uma greve! O motivo da manifestação, segundo o documento, seria atraso dos alimentos que compunham o salário dos trabalhadores.

Fontes: Historia de la Historia e Pharaoh’s People: Scenes from Life in Imperial Egypt – T.G.H. James

Da Super Interessante

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Americano finge interesse em vaga de emprego para roubar masturbador

Alexander Marcelino Perez tentou roubar brinquedo sexual de R$ 35.
Produto é indicado para “rapazes que procuram estimulação extra”.

Rapaz fingiu interesse em vaga de emprego para roubar masturbador (Foto: Divulgação)Rapaz fingiu interesse em vaga de emprego para
roubar masturbador (Foto: Divulgação)

Alexander Marcelino Perez, de 19 anos, foi preso em uma loja no estado da Flórida(EUA) após ser pego tentando roubar um brinquedo sexual masculino, avaliado em R$ 35 e chamado “super sucker” (super sugador, em tradução livre).
De acordo com o site “The Smoking Gun”, Perez foi à loja e se disse interessado em uma entrevista de emprego. Enquanto estava no estabelecimento, o jovem teria colocado o brinquedo no bolso, mas foi flagrado pelo dono.
O jovem foi preso por furto leve e teve fiança estabelecida em R$ 250. De acordo com o fabricante, o “super sucker” é um masturbador masculino voltado para “rapazes que procuram estimulação extra”.

Fabricante do masturbador diz que produto é voltado para “rapazes que procuram estimulação extra” (Foto: Divulgação)Fabricante do masturbador diz que produto é voltado para “rapazes que procuram estimulação extra” (Foto: Divulgação)

Do G1

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Mulher mata namorado com os próprios peitos

Americana teria discutido diversas vezes com o companheiro antes do crime


AP (imagem ilustrativa)Donna estaria bêbada e teria pressionado os seios contra o rosto do namorado, que morreu em seguida. Imagem ilustrativa
Aos 51 anos de idade e pesando 85 quilos, a norte-americana Donna Lange deverá ficar muitos anos na prisão sob a acusação de ter sufocado o namorado até a morte. De acordo com o jornal britânico The Sun, a arma utilizada no crime foi o par de peitos fartos que a suposta assassina possui.
Pouco antes do crime, os vizinhos do casal haviam escutado pelo menos duas discussões entre a dupla. Em um dos casos presenciados, Donna empurrou o namorado e, quando ele caiu no chão, ela subiu em cima dele pressionando os seios contra o rosto da vítima.
A polícia disse que Donna estava com um homem e duas outras mulheres na cena do crime, e que todos estavam muito embriagados.
De acordo com as autoridades, testemunhas afirmaram que o homem pode ter morrido de ataque cardíaco, enquanto outro vizinho afirmou que "ela o sufocou até a morte".
Apesar da ação da polícia e dos paramédicos, quando estes chegaram ao local do crime em Everett, nos EUA, não foi possível salvar a vida do homem de 51 anos. Ele foi declarado morto em seguida no Centro Médico Sueco de Washington.
Do R7

Cão com 3 patas é filmado roubando comida canina na Nova Zelândia

Cena surpreendeu a dona Esmay Hay e clientes do mercado.
Animal fugiu levando um bolo de carne para cães de R$ 9,30.

Um cão com três patas surpreendeu a dona de um mercado em Invercargill, na Nova Zelândia, ao roubar comida canina enquanto ele atendia clientes. Segundo Esmay Hay, o animal fugiu após pegar bolo de carne para cães de 5,40 dólares neozelandeses (R$ 9,30).

De acordo com a emissora de TV "3 News", Esmay Hay estava atendendo clientes quando o cão apareceu do nada na sexta-feira (4), pegou a comida e fugiu pela porta frente do mercado no momento em que um casal entrava no mercado. Assista ao vídeo.

Cão com três patas foi filmado roubando comida canina (Foto: Reprodução)Cão com três patas foi filmado roubando comida canina (Foto: Reprodução)

Do G1

Homem pode pegar 15 anos de cadeia por abusar sexualmente de galinha

Caso ocorreu em Chisamba, em Zâmbia.
Ave morreu por causa do abuso, segundo polícia.

Zambiano pode pegar 15 anos de cadeia por sexo com galinha (Foto: Reuters)Zambiano pode pegar 15 anos de cadeia por sexo com galinha (Foto: Reuters)

O zambiano Goliath Nyirenda, de 27 anos, pode pegar até 15 anos de cadeia após ter sido flagrado fazendo sexo com uma galinha, segundo a imprensa local.

Durante audiência na quinta-feira em Chisamba, em Zâmbia, Nyirenda foi considerado culpado de manter "relação carnal" com a galinha de um vizinho.

Ele teria mantido relações sexuais com a ave em 18 de novembro de 2012. No dia, o vizinho chamou a polícia depois de ouvir uma de suas galinhas carcarejar durante a madrugada.

O vizinho identificado como Michelo notou que o som vinha da casa de Nyirenda. Após bater na porta, o suspeito jogou a galinha pela janela.

Após a chegada dos policiais, Nyirenda acabou preso. Prova do crime, a galinha foi encontrada, mas depois morreu por causa do abuso.

Do G1

domingo, 13 de janeiro de 2013

Jovem britânico é condenado por raspar pelo de cão da namorada após ciúmes

Ele cortou o pelo do cão, pois pensou que a namorada tinha mentido.

O britânico Rob Davey, de 26 anos, raspou o pelo do cão de estimação de sua namorada por ciúmes. Em audiência no tribunal, Davey disse que cortou o pelo do cão de Zoe Ashman porque pensou que ela tivesse mentindo para ele, segundo o jornal "The Sun".

Imagem: ReproduçãoRob Davey raspou o pelo do cão de estimação de sua namorada por ciúmes (Imagem: Reprodução)Rob Davey raspou o pelo do cão de estimação de sua namorada por ciúmes

O incidente ocorreu em Hertford, no Reino Unido. Além de cortar o pelo do cão, Davey rabiscou a palavra "mentirosa" em paredes, portas e na geladeira da casa da namorada.
A cena de ciúmes foi provocada depois que Zoe disse que tinha ido trabalhar, mas Davey não acreditou. Ele acabou descarregando sua raiva sobre o shih-tzu, que participaria de um show canino.
Na audiência, o juiz Nicholas Moss considerou "abominável" o que Davey fez com o cão. "Você deveria ter vergonha", afirmou Moss, antes de condenar o rapaz a 12 meses de serviço comunitário e a pagar 2 mil libras (R$ 6,6 mil) em compensação.

Fonte: G1

Sim, o dinheiro não compra felicidade: 6 Lições da mais recente pesquisa sobre a Renda e Bem-Estar

Por um longo tempo, sabíamos que havia um platô felicidade, um ponto em que mais dinheiro, basicamente, parou de comprar uma maior satisfação. Talvez nós estávamos errados.
image
Apropriadamente ou ironicamente, a ciência lúgubre tem muito a dizer sobre a felicidade.
A clássica história econômica sobre o dinheiro e bem-estar é algo como isto. O dinheiro compra felicidade, sim, mas só até certo ponto. Uma vez que as necessidades básicas são atendidas, o dinheiro extra foi diminuindo (ou inexistente) retorna. Talvez as pessoas mais ricas usam seu dinheiro para se deslocar para áreas mais ricas, onde já não se sentem ricos. Talvez relativa de renda - quanto você tem em relação ao seus amigos - é muito mais do que questões absoluta de renda - quanto dinheiro você tem, período.
Os economistas chamam de-lo o "Paradox de Easterlin." Você chama isso de "Mantendo-se com o Princípio Jones."
E uma nova pesquisa chama beliche total. Ou, no jargão dos economistas, "com base em afirmações empíricas que são simplesmente falsas". Pessoas com mais dinheiro têm de um bem-estar, dizem eles, todo o caminho até os 10 por cento de assalariados. Aqui estão as seis observações mais interessantes de "os novos fatos estilizados sobre Renda e Bem-Estar Subjetivo", papel uma discussão por Sacks Daniel W. Stevenson, Betsey, e Justin Wolfers.
(1) Os países mais ricos são mais felizes. Aqui está um gráfico simples de fazer um simples ponto. Os pesquisadores plotados respostas 122 países para um Gallup World Poll no bem-estar contra o real do PIB de cada nação per capita (ajustado ao poder de compra) e encontrou uma forte correlação.
Conclusão: Bem-estar aumenta com a renda de todos os níveis de renda, em todos os países.
Screen Shot 2013/01/10 em 11.30.31 AM.png
(2) ... Mas cada dólar que vem não vai comprar a mesma quantidade de felicidade. A reta pode ser enganoso à primeira vista. O gráfico é * não * dizendo que cada US $ 1.000 em seu próximo contracheque vale os mesmos ganhos em satisfação. Em vez disso, a relação é logarítmica.Isso significa dobrar sua renda de R $ 1000 a US $ 2000 levanta a satisfação por a mesma quantidade que dobrar sua renda a partir de US $ 10.000 a US $ 20.000. Não que estes resultados são tão vinculativos como a lei da gravidade, mas isso sugere que, para igualar o impulso felicidade que você sentiu de ficar elevar de US $ 30.000 a US $ 60.000, outro $ 30.000 não fazer o truque: Você teria que dobrar sua renda novamente, para US $ 120.000.
(3) Os países mais ricos ficam mais felizes à medida que enriquecem . Esse primeiro gráfico responde à pergunta: Os países com mais felicidade relatório renda mais? A resposta parece ser sim. Mas o que dizer de uma outra pergunta: Os países individuais relatam mais felicidade como sua renda aumenta? Além disso, sim. O gráfico seguinte olha os 25 maiores países do mundo e mostra a relação linear entre bem-estar e renda familiar.
Screen Shot 2013/01/10 em 11.33.30 AM.png
(4) Não há "felicidade plateau" (ou é muito maior do que pensávamos). Essas linhas nos dizem três coisas importantes. Primeiro, as linhas de ir para cima. Mais dinheiro, mais felicidade.Em segundo lugar, as linhas de subir em paralelo , mais ou menos. Entre linguagem, cultura, religião, origem étnica, a mesma quantidade de dinheiro extra parece comprar a mesma quantidade de felicidade extra. Em terceiro lugar, as linhas de subir em paralelo e não se achatar . Não há "Easterlin plateau", nenhum ponto saciedade, nenhuma linha brilhante onde o dinheiro de repente, perde a capacidade de melhorar o bem-estar.
(5) lição da Europa:. Um nível constante aumento de satisfação de um nível constante aumento da renda Os gráficos abaixo são um pouco mais pointilist e confuso, mas eles fazem um ponto da mesma forma convincente. O inquérito Eurobarómetro, que mediu a satisfação de vida em todo o continente desde 1973, mostra claramente que em oito dos nove países para os quais os pesquisadores têm a maioria de dados, bem-estar aumentou ao longo do tempo com o crescimento econômico. Exceto para a Bélgica. Você é estranho, na Bélgica.
Screen Shot 2013/01/10 em 1.18.03 PM.png
(6) A exceção americana também é uma lição: A desigualdade de renda é um imposto sobre a felicidade. A economia dos EUA dobrou de tamanho desde o início de 1970. Mas a auto-relatado bem-estar diminuiu. Hein?
Os autores fazem duas desculpas razoáveis. Primeiro, o crescimento econômico se correlaciona com a felicidade melhorado na maioria dos países, mas isso não significa que o PIB é o fator determinante da felicidade avassaladora. Mudanças sociais, tais como o aumento da única família de famílias, poderia desempenhar um papel igualmente poderoso movimento auto-relato de satisfação na América. Segundo, é bem conhecido os EUA é um líder mundial em desigualdade econômica e que os frutos de um PIB de duplicação quase não foram compartilhados igualmente."Nos países europeus, a desigualdade aumentou pela metade" da quantidade que tem em os EUA, os autores.
***
De acordo com o padrinho moderna de renda e bem-estar de pesquisa, Richard Easterlin, é melhor ser rico do que pobre, mas os países ricos não obter qualquer mais feliz como eles ficaram mais ricos. Eles atingiram um teto de felicidade, essencialmente. Esta idéia tem uma grande importância, porque em um mundo onde só relativos questões de renda, pode haver menos necessidade de se preocupar com o crescimento ou a prosseguir políticas que maximizou de baixa renda das famílias após impostos de rendimentos. O trabalho de Sacks, Stevenson e Wolfers sugere Easterlin era simplesmente errado. Renda absoluta importa absolutamente, e os eleitores, economistas e decisores políticos têm tudo a ganhar, colocando os holofotes sobre ganhos de renda para a família média.
Com informações do The Atlantic

Como as pessoas de outros idiomas escrevem suas risadas nas redes sociais

55555, ou, como rir Online em outros idiomas

Haaaaaaaaaaaahahahahaha. Ou www. Ou jajaja. Ou MDR.
Imagine que você e eu estamos conversando em algum lugar e em algum momento na Internet. Imagine que, no decorrer da nossa conversa, eu - e isso pode exigir um pouco de imaginação extra - dizer algo totalmente, impressionante divertido. Algo como este . Ou como este . Ou isso . Ou isso .Como você responderia?
Você poderia dizer o óbvio: ". Megan, que é totalmente, impressionante divertido" O mais provável, porém, você iria dizer outra coisa, algo que reflete melhor uma resposta mais natural a minha alegria. Algo como "LOL". Ou ":-)" ou "ha". Ou, se a minha alegria é um pouco mais hilariante do que o habitual ", haha." Ou, se a minha alegria é um pouco menos hilariante do que o habitual ", heh." Ou, se eu minha alegria é um pouco irônico ", hehe." Ou, se a minha alegria é um pouco travesso, "teehee". Ou, se a minha alegria é excessivamente hilariante de uma maneira que requer algum riso excessivo: ". Hahahaha" Ou "haaaaaaaaaaaahaha". Ou "hahahahahahahahahahahahahahahaha".
Mas, hahas muitos , essa é a idéia: Você gostaria de encontrar um caminho, basicamente, para transmitir através textual significa que o riso incontrolável que provocaram.
Mas: o que se não estivéssemos falando Inglês? O que se estivéssemos conversando em espanhol, ou mandarim ou japonês? Em um fio reddit incrível esta manhã, redditors de não-Inglês países de língua foram pesando sobre uma pergunta muito boa: "o que é a cultura de internet como em sua primeira língua?"
E as respostas mais-upvoted, impressionante e reveladora, concentraram-se em risos. Risos prestados em letras e números e caracteres - riso que transcende a linguagem, mas também, on-line, totalmente invoca.
Então, como você ri, na Internet, em outros idiomas? Aqui - haaaaaaaaaahahaha - é um guia de partida:
Tailândia: 55.555
Em tailandês, o número 5 é pronunciado "ha" - assim, em vez de dizer "hahahahaha", alto-falantes tailandeses, por vezes, escrever "55555".
Japonês: www
abreviatura Isto, para não ser confundido (que é, muitas vezes se confunde) com o outro para a World Wide Web,  provavelmente se origina com o caráter de Kanji para "rir", 笑 , que é pronunciado como "Warai" em japonês. "Warai", em fóruns e salas de bate-papo, rapidamente tornou-se encurtado para "w" como uma indicação de riso. E então, da mesma forma que "ha" gerou "haha" gerou "hahaha", o sentimento se tornou estendida - com "ss" e depois "www" (e também, se você é tão inclinado, para "wwwwwww") .
Chinês (Mandarim): 哈哈 ou 呵呵
Embora o riso é escrito 笑声 e pronunciado Xiao Sheng, mandarim também depende de onomatopéia para o riso: 哈哈 , pronunciado ha ha, e 呵呵 , pronunciou ele ele. Da mesma forma, xixi, 嘻嘻 , sugere rindo.
Curiosamente, o número 5, em mandarim, é pronunciado como "wu" - o que significa que tailandês "55555" que, em chinês, ser prounounced "wuwuwuwuwu". Este é o equivalente de som, alguns pontos de língua chinesa redditor fora, de "boohoo" - o que significa que o riso em uma linguagem está chorando em outro. Da mesma forma, já que o número oito é pronunciado "ba", falantes de chinês às vezes usam "88" para assinar , ou dizer "ba ba" ("adeus"). Ao longo destas linhas, você deve querer recompensar alguém que você está conversando com não apenas com o riso, mas com louvor real ... 8888888888 em japonês representa aplausos , pois 八 (oito) é pronunciado "hachi", que soa como "Pachi Pachi", que é onomatopéia para bater palmas.
Coreano: kkkkk ou kekekekeke
Isto vem de ㅋ ㅋ ㅋ, abreviação de 크크크, ou keu keu keu - o equivalente coreano do Inglês "hahaha".
Francês: hahaha, hehehe, hihihi, hohoho, também MDR
francês utiliza variações risadas onomatopaicas bem como aqueles em Inglês. Ele também, como muitos idiomas diferentes do inglês, usa o "LOL" universalizada para indicar laugher. Mas o francês também tem uma sigla mais delicioso: O equivelant francesa de LOL é MDR, que significa "mort de rire", ou "morrendo de rir."
Espanhol: jajaja
Em espanhol, j é pronunciada como o Inglês h, por isso "jajaja" é o análogo direto do Inglês "hahaha".
Grego: xaxaxa
Mesma coisa.
Hebraico:  Xa Xa Xa ou חָה - חָה - חָה
mesmo.
Português do Brasil: huehuehue, rsrsrsrs mesmo, com as vogais diferentes, em vez de as consoantes.
Dinamarquês: ha ha, oi oi, Hae Hae, ho ho, ti oi
mesmo negócio.
Islândia: haha, hehe, hihi
mesmo.
Russo: haha хаха, hihi хихи, hehe хехе
mesmo.
Fonte: The Atlantic

sábado, 12 de janeiro de 2013

'Namorada Mike Tyson' arranca metade da orelha de parceiro em briga

Mulher partiu para cima do namorado e arrancou metade da orelha do homem com a boca (Foto: Divulgação)Mulher partiu para cima do namorado e arrancou
metade da orelha do homem com a boca
(Foto: Divulgação)

Durante uma discussão com o namorado, uma mulher residente na Flórida arrancou metade da orelha do parceiro a mordidas, e fugiu em seguida para um motel.

A vítima contou que estava “comendo um prato de macarrão” quando começou a discutir com Sarah Wulchak, de 32 anos. A mulher teria se irritado e partido para cima do namorado, mordendo sua orelha esquerda e provocando “uma dor intensa” no homem, de acordo com o site “The Smoking Gun”.

Os oficiais disseram que o homem ainda demorou cerca de 16 horas para procurar a polícia, já que tinha dúvidas se realmente gostaria de registrar queixas contra a namorada. O homem decidiu que iria ao distrito pois “não aguentava olhar para a própria orelha” naquele estado. Sarah negou que tenha causado o ferimento, e disse apenas que, se realmente foi responsável, foi “em legítima defesa”.

A “namorada Mike Tyson” foi presa, acusada de agressão, presa sob fiança de R$ 2 mil. De acordo com a polícia, Sarah possui mais de 20 passagens pela polícia nos últimos 12 anos.

Do G1

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

José de Abreu assume bissexualidade

José de Abreu (Foto: Divulgação)

José de Abreu, o Nilo de 'Avenida Brasil', já é conhecido como um dos usuários mais polêmicos do Twitter, em especial, quando o assunto é política. Porém, desta vez, o ator usou a rede social para defender os homossexuais e assumir que é bissexual. "Tenho que ser igual aos outros? Tem dias que prefiro homens, tem dias que prefiro mulheres. Tenho que mudar?", postou na última terça-feira (8).

O ator também dividiu sua experiência pessoal com seus seguidores. "Em 1989, me apaixonei por uma bi. Ficamos juntos e resolvemos "tentar". Durou 9 anos nossa relação. Seu último namoro tinha sido uma mulher", relatou. "Eu me relaciono com pessoas, não com rótulos: gay, homo, hetero, sexualidade, sexualismo, opção sexual, tô (sic) andando. Se há amor ou tesão, foi", acrescentou.

José de Abreu finalizou a confissão, cutucando os religiosos e se posicionandocontra a homofobia. "Acho o suprasumo da caretice dividir o mundo entre gays e não gays. Ninguém me ensinou a amar assim. Aprendi a amar na Igreja", escreveu, deixando claro que não tem receio de ser julgado: "Sou artista, tenho compromisso apenas com minha arte. Só a ela devo respeito. Às estruturas sociais, não devo".

Fonte: Yahoo!

Na Itália um gato visita todos os dias o túmulo do seu dono

Gato visita túmulo de dono todos os dias, há um ano

Um gato vem trazendo pequenos presentes para o local onde seu dono foi enterrado há cerca de um ano na cidade de Montagnana, na Itália. O animal, que tem três anos e atende pelo nome de Toldo, faz isso todos os dias sem falta.
De acordo com nota do "Huffington Post", o dono do gato era Iozzelli Renzo, que morreu no dia 22 de setembro do ano passado, aos 71 anos.
Os presentes que Toldo leva para Renzo consistem em folhas, gravetos, galhos, copos de plástico e folhas de papel.
Tudo começou no dia do enterro, quando o gato seguiu o caixão da casa do dono até o cemitério. Na manhã seguinte, a viúva Ada foi ao local e encontrou um raminho de acácia no túmulo.
"Na hora pensei que tinha sido coisa do gato. Mas minha filha estava convencida de que eu estava muito emocionada e que não podia ter sido ele", contou. Na mesma noite, o filho de Renzo foi ao cemitério e encontrou Toldo montando guarda na tumba.
Desde então, vizinhos, parentes e amigos que vão ao cemitério ou passam perto do local veem o gato rondando o local.
Segundo Ada, seu marido e o gato tinham uma relação muito próxima desde que Renzo adotou o felino recém-nascido.

UOL

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Americana mantém 40 porcos de estimação em casa

A americana Florence Gruber terá que se desfazer dos cerca de 40 porcos de estimação que mantém em sua casa em Essex, no estado do Vermont (EUA), segundo o jornal “Burlington Free Press”.

Florence Gruber terá que se desfazer dos cerca de 40 porcos de estimação (Foto: Reprodução)Florence Gruber terá que se desfazer dos cerca de 40 porcos de estimação (Foto: Reprodução)

Na semana passada, Florence ainda tentou manter alguns deles como animais de estimação, mas a legislação local proíbe a criação de porcos em bairros residenciais.

Florence Gruber tem até 22 de janeiro para remover os suínos de sua casa  (Foto: Reprodução)Florence Gruber tem até 22 de janeiro para remover os suínos de sua casa (Foto: Reprodução)

De acodo com as autoridades locais, ela tem até o dia 22 de janeiro para remover os suínos. Essa foi a segunda vez que Florence foi forçada a se desfazer de porcos de estimação. Ela enfrentou uma decisão similar no ano passado em Paulsboro, no estado de Nova Jérsei

Do G1

domingo, 6 de janeiro de 2013

Veado invade rua na Inglaterra causa pânico e fere alguns pedestres

Um veado causou pânico ao invadir uma zona urbana em Chelmsford, no Reino Unido, e atingir alguns pedestres durante a corrida. O animal acabou ferindo sem gravidade uma mulher quando tentou pular sobre ela e não conseguiu.

De acordo com o site “Digital Spy”, o animal cruzou as ruas da cidade e depois desapareceu, sem ser capturado pela polícia. Um vídeo que mostra uma das arrancadas do animal foi visto mais de 6 mil vezes

Animal saiu em disparada pela via e atingiu mulher, que teve ferimentos no rosto (Foto: Reprodução)Animal saiu em disparada pela via e atingiu mulher, que teve ferimentos no rosto (Foto: Reprodução)

Veja vídeo

Do G1

sábado, 5 de janeiro de 2013

Em fazenda no interior do Piauí o bezerro que nasceu com duas cabeças chama a atenção dos curiosos. Veja fotos

Bezerra de duas cabeças vira atração na zona rural de União. O animal nasceu no ultimo dia 16 de dezembro em uma fazenda na localidade Pedra de Fogo, próximo ao Povoado Baixa Grande. Desde a última segunda-feira (17/12), muitos curiosos têm-se deslocado até a localidade Pedra de Fogo. Entre os curiosos, vez por outra, se houve a relação do fato com um provável fim do mundo.

O vaqueiro da fazenda, senhor Luciano, diz ter ficado assustado, mas ainda assim tem procurado alimentar o pequeno animal, “fiz uma mistura de ovo de galinha com o leite da vaca e dei para ela, hoje de manhã, e agora a tarde ela já conseguiu se alimentar diretamente no peito da vaca”, diz o vaqueiro.

A vaca que pariu a bezerra é um animal de pequeno porte e bastante magra em função do longo período de estiagem que também castigou aquela localidade. A incidência de nascimentos de animais siameses não é um fato raro, assim como acontece com os humanos, nos animais isso também ocorre. Trata-se de um processo de má formação embrionária durante a gestação.

Fonte: Meio Norte

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Homem nu armado com espada e rifle se rende depois de três horas de negociação nos EUA

A polícia de San José, no estado americano da Califórnia, foi chamada para atender a uma ocorrência bizarra, depois que uma família afirmou que, por volta das 8h do primeiro dia do ano, um homem estava gritando em frente a uma residência segurando um rifle de assalto. Esse cenário depois se transformou em uma negociação com o suspeito nu, segurando uma espada samurai.

Policia precisou negociar por três horas com homem nu armado (Foto: Reprodução)Policia precisou negociar por três horas com homem nu armado (Foto: Reprodução)

Depois que a polícia perseguiu o suspeito em um carro, o homem deixou o veículo sem roupas, segurando a espada samurai e gritando que os policiais “teriam que matá-lo”, de acordo com a emissora "NBC". Os oficiais precisaram negociar por três horas com o homem até que ele finalmente se rendesse.

O departamento de polícia identificou o suspeito como Coco Bennet, de 29 anos, mas não precisou quais seriam os motivos de ambos os ataques. Com o homem, foram apreendidos um rifle AR-15 carregado e uma espada samurai, e a polícia afirmou ainda que irá Bennet para que ele possa ser avaliado por médicos.

Policia mostra espada e rifle apreendidos com o suspeito (Foto: Reprodução)Policia mostra espada e rifle apreendidos com o suspeito (Foto: Reprodução)

Fonte: G1